Sábado, 05 de Março de 2011

Aproveito este meio de comunicação “facebook” para sugerir aos jovens (ou não) de Monte Redondo a  organização de uma “monografia” sobre a Vila, sendo que esta já foi um importante – centro de actividade económica – que recebia imigrantes em ordem a suprir carências de mão d’obra

para os seus mais diversas actividades.

Com efeito, a Vila tem um acervo histórico, digno de nota, nomeadamente;

  • Industria de transformação de madeiras que contribuíam pª a balanço comercial do país, exportando durante anos a fio para a Europa, África e outros espaços económicos.
  • Filarmónica “centenária”
  • Fábrica de produção de vidro “garrafaria”
  • Instituto Dª Maria Rita do Patrocínio Costa, uma homenagem à mãe de Dr. Luis Pereira da Costa, cujo Instituto está na alçada da Fundação Bissaya-Barreto de Coimbra.
  • Clube de futebol c/ autocarro próprio, o que à época era um “luxo”.
  • Conjunto musical “Os Galitos” com pergaminhos granjeados no país.
  • Músicos que ficaram famosos, como foram o “Jose Rosa”,  “Manuel Godinho”, ou o “Zé Claro” (todos saxofonistas) entre outros
  • Conjunto musical, dito de “TUNA”
  • Exploração salínica, em Sismarias, de prestígio regional
  • Rancho folclórico, sediado na Casa do Povo, sob a égide de Manuel Moutinho (imigrante)
  • Oficina de “mármores” com produção de campas “João Amaro”
  • Grupo de Teatro (ensaiado pelo Pe Ramos)
  • Indústria de Madeiras como fora a “Ramos, Leal & Crespo, Ldª”
  • Oficinas Auto com nomeada.
  • Oficina da Alfaiataria junto à estação de Caminho de Ferro
  • Estação da linha do Oeste com paragem obrigatório em Monte Redondo (agra degradação)
  • A centenária feira dos "29"
  • Vários “moinhos” pª produção de farinhas, movidos a água e os já evoluídos “tocados a energia eléctrica”
  • Fornos de produção de “Carvão” pª fornecimento externo.
  • Fábrica de artigos de higiene “vassouras”, “piassabas”, “abanadores” entre o mais.
  • Unidade Industrial de produção de azeite "lagar"
  • Alambiques de produção de "bagaceira".

Porventura omiti actividades, mas com outros contributos poderemos escrever a nossa história.

Pela investigação, ou pelo interesse, pode haver quem tenha elementos históricos, tais sejam, documentos, fotografias, apontamentos, ou mesmo equipamentos das épocas (esse podem ser catalogados no Museu do Casal de Monte Redondo. Elementos que podem ser divulgados neste espaço (entenda-se faceboock)

 

Leiria, 05.03.2011



publicado por Leonel Pontes às 14:22
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



A participação cívica faz-se participando. Durante anos fi-lo com textos de opinião, os quais deram lugar à edição em livro "Intemporal(idades)" publicada em Novembro de 2008. Aproveito este espaço para continuar civicamente a dar expres
mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO